Doenças e medicamentos

Tratamento das frieiras

A frieira é uma doença muito comum, quase todo mundo já teve, aqui vamos falar um pouco sobre : causas, sintomas, e tratamentos vale a pena ver...

A Frieira é uma doença causada pelo Fungo Tricophyton. Chamado coletivamente de pé de atleta, Dermatofitose unha fungo-molde ou levedura de unhas. Seja em suas unhas dos pés ou mesmo nas junções dos dedos, nas virilhas e mãos. É um negócio desagradável e causa bastante incômodos nas pessoas. As frieiras tem uma cura relativamente simples, mas seus sintomas podem durar algumas semanas.

frieira nas unhas

Oficialmente conhecida como onicomose, é mais frequentemente causada pela umidade presa em um lugar quente e escuro (por causa dos sapatos, e meias, é por isso que é mais encontrado nas unhas dos pés), porque é geralmente onde o fungo tem um  ambiente com mais chance de se desenvolver e prosperar. Mas também pode ser transmitidas por toalhas e roupas contaminadas, no compartilhamento de equipamentos de ginasticas em academias e até mesmo no banho de piscina.

Com identificar a frieira?

Geralmente, uma infecção por fungos começará como um ponto branco ou amarelo na região interna das unhas ou junções dos dedos. À medida que ele começa a se desenvolver, a região atingida começa a se tornar mais sensível e com uma aparência de pele rachada ou quebradiça.

Pode surgir cosseiras excessivas e constantes, alem do surgimento de uma especie de bolor parecido com : pão morfado( com um tom mais escuro e com pequenas concentrações de branco. Também pode surgir uma sensação de queimadura na pele com uma cor mais avermelhada do local atingido.

frieira entre os dedos

Sem tratamento, o fungo nos dedos e juntas  pode continuar por muito tempo, e trazer complicações ate mais graves.

Alguns fatores contribuem para o aparecimento das frieiras:

  • Dividir o mesmo capacete
  • Andar descalço em lugares de maior risco como: clubes , saunas e banheiros públicos.
  • Usar meias úmidas
  • Se expor muito ao frio
  • Usar sapato por um longo período de tempo
  • Compartilhar toalhas, roupas, e lençóis de pessoas com frieira

    Existe uma grande quantidade de remédios bem eficazes nas farmácias, mas é sempre bom lembrar que qualquer remédio tem que ser prescrito por um médico, logo porque pode acontecer de você ter algum tipo de alergia ou ser sensível a algum tipo de substancia presente nesses remédios.  Aqui vamos sugerir alguns tipos de remédios naturais que você pode fazer de uma forma bem simples com produtos bem comuns e de fácil acesso.

    1.  Tratando com Chá natural e Óleo de laranja

    O chá natural é um desinfectante natural, possuindo propriedades fungicidas e anti-bacterianas que o tornam popular no tratamento de fungos nos dedos das mãos. O óleo de laranja também mostrou resultados promissores quando se trata de se livrar do fungo, e pode ser adicionado à mistura também. Lembre-se sempre de diluir o óleo essencial antes de aplicar no local da frieira.

    Você precisará …
    -1 colher de chá  -1/2 colher de chá de óleo de laranja
    -1/2 colher de chá de óleo de uva ou de azeite

Preparo:
Assim que você perceber os sinais do fungo misture 1 colher de chá, ½ colher de chá de óleo de laranja e ½ colher de chá de óleo de uva ou de azeite. Mergulhe uma porção de algodão na mistura e aplique a unha afetada pressionando suavemente mas com firmeza para que o líquido saia. Deixe secar naturalmente.Alternativamente, você pode colocar 4 a 5 gotas de chá em água suficiente para mergulhar seus pés e fazer isso por 15 a 20 minutos. Ambos os tratamentos devem ser feitos fielmente de manhã e à noite.

2. Bicarbonato de sódio e vinagre

O bicarbonato de sódio não é fungicida, ou seja, não mata o fungo. No entanto ele é fungistático, o que significa que pode evitar que o fungo cresça e se espalhe. o vinagre é um ácido bastante fraco e ajudará bastante combater e ate matar o fungo sem alterar o Ph.

Você precisará de : 4 a 5 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, 1 xícara de vinagre branco ou vinagre de maçã, Água, e uma toalha de pano ou de papel.

Primeiro, misture 1 xícara de vinagre escolhido com água suficiente para mergulhar os pés. Mergulhe por 15 minutos, em seguida limpe e enxugue com a toalha. Siga isso adicionando várias colheres de sopa de bicarbonato de sódio para água suficiente para absorver os pés e mergulhe por 15 minutos, depois seque completamente com atoalha . Faça isso duas vezes por dia. A ideia é que o vinagre vai matar o fungo, enquanto o bicarbonato de sódio irá inibir o crescimento de mais fungos.

 3. Óleo de coco

Agora vamos usar um produto muito bom e bem comum na sua cozinha o óleo de coco. Os ácidos graxos de cadeia média são quase milagres funcionando como fungicidas naturais. A membrana fúngica é crucial para manter a “vida” do fungo. Os ácidos gordurosos, como os encontrados abundantemente no óleo de coco, se inserem naturalmente na camada lipídica (gorda) da membrana fúngica, levando eventualmente à desintegração celular e à destruição do fungo de uma forma geral.

Você vai precisar de: Um pouco de óleo de coco, sabão, e uma bacia onde colocara os pés, para lavar as mãos durante a aplicação.
Como usar:
Lave bem as mãos durante as aplicações (se você tiver mais de uma unha afetada), esfregue o óleo de coco na área e deixe-o absorver e secar naturalmente. Não há necessidade de colocar o óleo em excesso, um pouco já vai fazer bastante efeito. Repita de 2 a 3 vezes ao dia durante 1 ou 2 semanas seguidas.

Na verdade você pode trabalhar para prevenir o aparecimento do fungo, mantendo os pés limpos e, o mais importante, secos. Não reutilize meias velhas, e fique com os sapatos abertos, se possível, e evite usar alicate de unha sem estar devidamente esterilizado, usar água morna também ajuda muito. É preciso tempo e paciência para se livrar do fungos evitando que eles cresçam e se proliferem nas suas unhas e juntas dos dedos. siga o tratamento corretamente obedecendo a risca a bula dos remédios prescritos pelo seu médico.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.